17/01/2021

Instagram para seguir: Estética Cottage Core!!

 Oi!! Faz tempo que não aparecemos por aqui, né. Fim de ano é sempre muito corrido, mais pretendemos aparecer mais vezes por aqui e nosso canal também, fiquem atentas. Para começar as postagens do ano, vamos trazer algumas categorias antigas aqui do blog que amamos fazer e hoje vamos falar de instas aqui, vamos indicar instas com a estética e estilo de vida cottage core para vocês se inspirarem.

1. Allison Marie: @obrienandolive                                                                                                                             Vamos começar falando do perfil da Allison, na sua bio já temos uma ideia do que vamos encontrar em seu perfil, que tem como descrição "vida com meu amor", "esposa,sonhadora e aventureira" e no feed vemos tudo isso em suas fotos, que levam a estética Cottage Core, seu feed alterna fotos em tons pasteis com muitas flores e pinturas, comidas fofas e fotogénicas também estão presentes. 


2. Camellia : @CamelliaDreamer
Em sua bio Camellia que vive na frança deixa muito claro o que você encontra em seu perfil, já que o descreve como Estetica Cottage Core.Camellia também se intitula sonhadora, em seu perfil vemos a estética presente  um pouco mais chique, fotos no campo alternada com fotos na cidade, muitas flores, contrastes entre tons pasteis e cores quentes, assim como o perfil de Aliison é possível encontrar pinturas no meio de suas fotos.

3. Sonya Sedova: @sonya_sedova
No perfil de Sonya vemos a estética cottage core presente com um toque mais vintage e artístico. A artista que vive na Rússia capricha nas fotos que lembram pinturas, fotos dela , de flores, roupas, acessórios vintage  e comidas fofas compõe o seu perfi em sua maioria em tons pasteis.


4. Gabriella: @gabi_wahl
A blogger de estilo Gabriella também tem um perfil com fotos na estética mais em sua maioria fotos dentro de casa, para compor as fotos roupas leves com pegada vintage e espelhos e objetos antigos e muitos tons claros e pasteis ajudam a completar o cenário. 



Já conheciam algum desses perfis? Gostaram das indicações e desse estilo de post? Comentem.

Beijos
03/12/2020

Coleção Verão 2021: Magia das Flores Atêlie Love it!!

Oi!! No post de hoje viemos apresentar a nova coleção da nossa marca a Love It (já falamos dela em alguns posts que vamos deixar linkados aqui ).
A Coleção Magia das flores tem como principal inspiração a estética Cottage core (que falamos nesse post aqui , e vem recheada de estampas florais e modelos românticos e leves, a coleção também conta com scrunchies estampadas. Assim como nesse movimento\estilo de vida, nossa coleção também busca mostrar a beleza nas coisas simples da vida. Por isso escolhemos muitos tons claros, tecidos leves e muitas flores, elas nos transmitem essa sensação do belo, delicado e simples. Também fizemos um editorial inspirado nessa estética.








Esperamos que tenham gostado da nossa nova coleção. Para conferir acesse nosso site: http://www.atelieloveit.com.br/

Beijos
23/11/2020

Conheça a estetica Cottage Core!!

 Oi!! No post viemos falar de um movimento que vem surgindo com força nas redes sociais que é a Estetica Cottage Core. A estética Cottage Core é um estilo que preza por uma vida simples e campestre e que busca a fuga de uma vida agitada na cidade grande, ainda mais no momento em qual estamos vivendo que estamos presos em plena pandemia ela acaba sendo uma maneira de fugir um pouco da realidade.

Ela também nos trás algo nostálgico, delicado e aconchegante e que valoriza as coisas simples da vida, trás de volta alguns costumes  que acabamos deixado para trás, como a arte de cozinhar e de fazer artesanato e a jardinagem, e de perceber os mínimos detalhes  em objetos e coisas que rodeiam o nosso dia a dia.

Vamos falar um pouquinho de como ele influencia na decoração, fotografia, gastronomia e moda.

Na decoração:

A decoração segue um estilo mais casa de vó , com objetos antigos e muito móveis em madeira, louças artesanais. As estampas florais podem estar presentes tanto em cortinas, móveis e também nas louças. Também são usados plantas e flores naturais na decoração. A paleta incluem tons suaves e terrosos.



Na moda:

Peças leves e em tons neutros fazem parte dos looks para quem curte a estética, mais não podemos nos esquecer dos lindos vestidos com estampa florida e muitos babados, o xadrez em cores claras e levemente desbotada também faz parte do guarda roupa dessa estética, aposte também em peças com tecidos sustentáveis e que respeitam o meio ambiente. Os acessórios também vem com uma pegada de artesanato, como bolsas e chapéu de palha e lenços rústicos. Bijus e joias com pingentes de flores também dão charme ao look.




Créditos: 01\02\03\04\05\06\07\08

Um pouco dos tons da paleta: 



Créditos: 09\10\11\12

Gastronomia:

Ela também influencia fortemente a gastronomia de quem curte essa estética, eles curtem fazer os próprios pães e tortas e preferem tudo natural e fresco: como frutas, legumes e legumes.


Fotografia:
As fotos de quem curte essa estética sempre seguem suas características como: muitas fotos ao ar livre, em meio a natureza e durante o pôr do sol, umas das características muito forte também são os piqueniques com bastantes pães e tortas, fotos com muitas flores ou em campos floridos.




Creditos: 13\14\15\16\17\18\19\20\21\22\23\24

Abaixo alguns filmes, livros e series com a estética Cottage Core:

Livros:

A vida secreta das Abelhas de Sue Monk Kidd de 2008
Alice no País das Maravilhas de Lewis Carroll de 1865
Anne de Green Gables de L. M. Montgomery de 1908
O Jardim secreto de Frances Hodgson Burnett de 1911

Séries:

Downton Abbey  série britânica de 2010
Orgulho e preconceito série britânica de 1995 baseada na obra de Jane Austen


Anne With an E série de 2017 baseada no livro de Anne de Green Gables
Outlander série de 2014.

O Jardim secreto filme de 1993 adaptação do livro de Frances Hodgson Burnett
Adoráveis Mulheres de 2019  adaptação do livro Mulherzinhas de Louisa May Alcott


Gostaram do post?Já conheciam essa estética? Comentem.






23/10/2020

Resenha: Mascara de cílios Extreme Volume Lash da Ruby Rose!!

Oi!! Hoje vamos resenhar mais um produto que estava na nossa lista que não  vivemos sem (nesse post). Vamos falar nossa opinião de uma máscara de cílios  que estamos usando no momento o Extreme Volume Lash da Ruby Rose, que promete dar volume ao cílios.

Vamos começar falando da embalagem da máscara que é em um tom de rosa bem clarinho  com letras brancas com aspecto meio emborrachado\aveludado e bem arredondada contendo 9 ml do produto.


    
O aplicador da máscara é reto e com as cerdas de silicone bem flexíveis, curtinhas e macias que auxiliam na melhor aplicação do produto desde os fios mais curtos ao compridos garantindo assim o volume que o produto promete.



Realmente a máscara cumpre o que promete dá bastante volume ao cílios, temos os cílios bem compridos mais não muito volumosos, achamos que a máscara deu bastante volumes a ele dando o efeito de ter colocado cílios postiços. Apesar da máscara não prometer cílios longos achamos que ela deu uma alongada neles. Na foto só usamos uma camada do produto e já achamos o resultado bem legal mais se você quiser mais volume é só aplicar mais camadas.


A máscara não vem especificado se é a prova d´água ou não, mais notamos que ela  bem dificil de sair, e quando sai borra  um pouco deixando um efeito meio panda não é tipo aquelas que sai em pedaços, outra coisa que notamos que por não estarmos usando ela muito já que não estamos saindo nessa quarentena, usamos apenas quando vamos tirar fotos para loja notamos que ela deu uma secada.
Não lembramos quanto pagamos ela compramos em uma loja aqui do nosso bairro, mais achamos ela em sites por R$ 15,90 achamos o preço bem legal já que ela cumpre o que promete que são cílios volumosos.

Gostaram da resenha? Já usaram essa mascara?

Beijos


27/09/2020

Dica de série: Clube das babás!!

Oi!! Hoje vamos falar de série aqui no blog, quase todos os dias estamos separando um horário da nossa noite para assistir pelo menos um episódio de alguma série, e com isso estamos conseguindo maratonar algumas, a maioria estreias da Netflix, e vamos aproveitar para indicar elas aqui no blog. E hoje vamos falar da série "O clube das babás" que apesar do nome é uma série para todas as idades, que aborda temas como  feminismo,homossexualismo e mudança de gênero ainda na fase infantil.

A série é baseada na saga literária polêmica e bem a frente do seu tempo "The Baby- sitters Club" escrita por Ann M. Martin em 1986 até sua edição 36, após esse numero os livros foram desenvolvidos por outros escritores.

Algumas capas dos livros

Comparação capa do primeiro livro e poster da Netflix

A série não é a primeira adaptação lançada dos livros já quem 1990 uma série com apenas uma temporada  e 13 episódios foi produzida pela HBO e em 1995 também foi lançado um filme, que nunca ganhou continuação.

Cenas da série de 1990

Cenas do filme de !995

A série:
A série que conta com 10 episódios de aproximadamente 30 minutos cada, mostra a vida das amigas Kristy, Claudia, Mary Anne, Stacey e Dawn, que juntas criam um empreendimento chamado O clube das babás, com a intenção de oferecer o serviço da babás para os país de Stoneybrook, Connecticut, para fazer funcionar esse empreendimento as garotas usam um telefone fixo na casa de Claudia onde acontece as reuniões para agendar os trabalhos de cuidar das crianças.
Os episódios são sempre contados por uma das amigas, podendo conhecer assim um pouco mais de cada personagens, suas histórias e problemas familiares, como já falamos no começo do post apesar de ser  voltada para o publico infantil a série vai muito além de temas voltado para essa faixa etária como problemas na escola, busca por seu lugar e identidade, primeiros amores e descobertas, já que aborda temas bem atuais e importantes de ser falados como adoção de crianças por pessoas do mesmo  gênero, feminismo e também sobre crianças transgêneros. 
A série é bem leve e  maratonamos em poucos dias, por abordar temas bem importantes nos faz esquecer que ela é voltada para o publico infantil e achamos essa abordagem bem necessária já que devemos cada vez mais ensinar as crianças a respeitar as diferenças. Infelizemente ainda não foi publicado se a série terá segunda temporada.

As personagens:

 As amigas Claudia, Mary Anne, Kristy, Dawn e Stacey

Claudia: É artista da turma que ama desenhar e criar mais que infelizmente vai mal em outras materias e por isso passa vários perrengues em casa ao se comparar e ser comparada com sua irmã. Claudia tem problemas com seus pais que querem que ela seja a aluna nota dez mais não consegue enxergar o seu talento como artista, ela busca apoio e comprenssão  em sua vovó Mimi.
Mary Anne: A menina que perdeu a mãe muito cedo e que vive sozinha com seu pai vivendo sobre as regras rígidas dele, Mary Anne tem problemas em dizer não e acaba sempre fazendo a vontade dos outros, no decorrer da série busca sua propria personalidade e voz no grupo de amigas, ganhando assim mais confiança.
Kristy:  A mais independente  da turma a que cria o clube, que ao contrario de suas amigas não está com a cabeça em meninos e sim em se tornar uma mulher independente, apesar do jeito durão sofre pela ausência de seu pai em sua vida já que seus pais são separados e ela mora com sua mãe e irmãos.
Dawn: A garota é a ultima a entrar no clube e também na turma de amigas, graças a Mary Anne que ao brigar com suas amigas a conhece. Também filha de pais separados, vai morar com a mãe em Stoneybrook, mas mantêm um ótimo relacionamento com seu pai. Uma menina de cabeça aberta já que seu pai é homossexual.
Stacey: A garota se muda para StoneyBrook ao passar por um episódios vergonhoso ao descobrirem em sua antiga escola que a menina tem diabetes. A principio esconde de suas atuais amigas sua doença, mais ao ver que pode confiar nelas abre o jogo e passa a não mais esconder o seu problema.


Bailey: Outra personagem que queremos falar um pouco e a personagem Bailey, menina transgênero que Mary Anne vai cuidar, a série aborda esse assunto de uma maneira delicada mostrando o lado da criança trans como ela espera ser vista e tratada pelas pessoas. A garota é interpretada pela atriz transgênero Kai Shappley.

Cenas:

















Trailer :



E ai meninas o que acharam da série?Já assistiram?


Only Inspirations - por Thaiane e Thalita Feito com ♥ por Lariz Santana